logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_FI20201006075634
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
Título originalBALLETDANSERINDEN
Título em portuguêsAMOR DE DANÇARINA
Outros títulosDançarina, A
PaísDINAMARCA
ProdutorNordisk
Ano de produção1911
Primeiro lançamento
CinemaAno de exibiçãoExibidor/Distribuidor
Parisiense, RJ1911J. R. Staffa
Segundo lançamento
CinemaAno de exibiçãoExibidor/Distribuidor
Iris Theatre, SP1912Cia. Cinematográfica Brasileira
GêneroDrama
CategoriaLM - F
DiretorAugust Blom
ElencoWaldemar Psilander, Asta Nielsen, Biegelow
ResumoJoão Mayol, autor de sucesso, acompanha os ensaios da sua peça, que tinha Camila como estrela. Durante os ensaios ambos se apaixonam. Mas Mayol era volúvel e a amava como a outras que tinham passado na sua vida. Num restaurante campestre, o casal encontra Paulo Richter, um amigo pintor, que deseja ter Camila como modelo. Mayol tinha um caso secreto com Yvette, a esposa adúltera de um amigo. Ela lhe manda um bilhete que, por acaso, Camila acaba por encontrar no escritório dele. O encontro tinha sido marcado na casa de Mayol, e Camila se esconde para confirmar suas suspeitas. Ela se apresenta diante do casal adúltero. Yvette foge. Mayol jura amor eterno a Camila. Mais tarde, Camila é chamada por Simon, marido de Yvette, para uma festa na sua casa. Sem o saber, ela comparece e descobre a rival. Enquanto declamava, percebeu que Yvette e Mayol trocavam beijos no fundo do salão. Ela faz um escândalo. Simon perdoa Yvette. Paulo, que também estava na festa, leva Camila para seu ateliê. Perdoada, Yvette marca novo encontro com Myol. Camila descobre o fato e denuncia a mulher ao marido. Ele toma de um revólver. Camila corre até sua casa e tudo faz para salvar o amante. Ela se veste como Yvete e sai com Mayol. O marido não se deixa enganar e espera a mulher, Quando ela aparece, ele a mata com um tiro. A notícia da morte de Yvette provoca uma congestão cerebral em Camila. Paulo a leva a um hospital e, graças aos seus cuidados, ela se salva. Camila descobre o amor de Paulo e esquece Mayol. Paulo a leva para o castelo dos seus pais.
resumo: 25.12.1911 e 14.1.1915
Fonte
JCBPesquisa sobre a exibição em São Paulo entre 1900 e 1935 no jornal O Estado de S. Paulo
/
DPDiário Popular, jornal da cidade de São Paulo pesquisado entre 01/1907 e 12/1916
/
OESPO Estado de S. Paulo jornal da cidade de São Paulo pesquisado em 01/1907 e 12/1916 e números esparsos depois desta data
/
OPO Paiz, jornal da cidade do Rio de Janeiro, pesquisado entre 07/1897 e 12/1903 e 01/1908 e 12/1911
/
CMCorreio da Manhã, jornal da cidade do Rio de Janeiro, números esparsos de 1910
/
ABLLEITE, Ary Bezerra. Fortaleza e a era do cinema: pesquisa histórica vol.1. Fortaleza, Secretaria de Cultura e Desposto do Estado do Ceará, 1995
/
IMDbInternet Movie Database para qualquer título
Observação25.12.1911; 3.1.1912; 1.000 ou 1.200 metros em 3 partes; artistas do Teatro Real de Copenhangue; 4 atos em 1913.
Outros lançamentosParisiense: 14.1.1915



página 1 de 1

Filmes estrangeiros exibidos no Brasil: 1896-1934

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)