logo

Termo(s) de pesquisa:
ID_FI20201117102805
Registros encontrados:
página 1 de 1


1 / 1
Selecionar
Imprimir
Título em portuguêsARCO DA MORTE (OU PERVERSIDADE DE CHANCELER), O
PaísITÁLIA
ProdutorLeonardo Film
Primeiro lançamento
CinemaAno de exibiçãoExibidor/Distribuidor
Parisiense, RJ1915Agência Geral Cinematográfica
Segundo lançamento
CinemaAno de exibiçãoExibidor/Distribuidor
Teatro Brasil, SP1915Agência Geral Cinematográfica
GêneroDrama
CategoriaLM - F
ResumoO príncipe Frederico é o soberano da Volnia. Ele tinha de uma ligação com a condessa Ana um filho que não podia apresentar à corte. Ana queria fazer do menino um rei, mas a herdeira ao trono era a grã-duquesa Maria Pia, a quem cabia o reinado pela morte do tio. O chefe do reino da Sernia pretendia unir os dois reinos, querendo fazer um casamento entre seu filho e Maria Pia. O primeiro-ministro de Volnia aceitou o pacto que uniria as duas crianças no futuro. Para evitar as pretensões de Ana, o ministro fez com que o príncipe rompesse com ela, mandando a criança para um internato. Dezessete anos depois, Maria Pia reina. Uma carta-testamento do tio pedia que Maria Pia se casasse com o filho do príncipe com Ana. O ministro Ducras recusou a ideia, porque já estava envolvido no casamento com o herdeiro da Sernia. Dessa forma, ele mentiu para Maria Pia, declarando que o menino desaparecera. Maria Pia se encarregou de encontrar o rapaz, acompanhada de um oficial da sua guarda, o tenente Ricardo Rosemberg. Ducras manobrou para que o acompanhante estivesse sob suas ordens e ainda agregou Liana de Borla, uma bela mulher, para seduzir o oficial de companhia. No hotel, onde estaria o rapaz procurado Raul Blaster, Liana simulou um suicídio para atrair o militar. Ele se enamorou da aventureira. Ela lhe contou que Raul Blaster pertencia à quadrilha do Arco da Morte. Liana conduziu o tenente Ricardo a uma reunião do Arco da Morte, num castelo fora da cidade. Tudo tinha sido planejado por Ducros para prender Ricardo ao local. Emagrecido pela fome da prisão, Ricardo sentiu que o cinturão de aço escorregava pelo seu corpo, libertando-o. Enquanto isso, o ministro conseguia que Maria Pia aceitasse o casamento com o príncipe herdeiro da Sernia. Ricardo chegou no castelo de Volnia no dia da assinatura do contrato, sendo imediatamente preso pelo ministro. Raul Blaster foi preso e condenado à morte. Ana saiu do seu convento para ver o filho. Maria Pia conseguiu suspender a execução. Raul foi elevado ao trono e o ministro acabou seus dias na prisão.
resumo: 6.5.1915
Fonte
JCBPesquisa sobre a exibição em São Paulo entre 1900 e 1935 no jornal O Estado de S. Paulo
/
OESPO Estado de S. Paulo jornal da cidade de São Paulo pesquisado em 01/1907 e 12/1916 e números esparsos depois desta data
/
CMCorreio da Manhã, jornal da cidade do Rio de Janeiro, números esparsos de 1910
Observação6.5.1915; 3.6.1915; 5 partes ou 7 atos; também prod.Bonnard.



página 1 de 1

Filmes estrangeiros exibidos no Brasil: 1896-1934

   
   
Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)